Dia 09 de Maio de 2010

Dia 09 de Maio de 2010
Dia 09/Maio/2010 - Implantação da Horta. Grupo de Trabalho com Miúdos e Graúdos

08 novembro 2010

Mãos na Terra

Jardinar promove as capacidades mentais das crianças. É uma actividade a ser explorada nas escolas, com inúmeras vantagens.
Jardinagem e horticultura são actividades que trazem inúmeros benefícios às crianças. No âmbito de um estudo realizado pela (RHS), Royal Horticultural Society do Reino Unido, foram inquiridos 1300 professores de 10 escolas e concluiu-se que naquelas em que a jardinagem e a horticultura fazem parte das actividades propostas, as crianças são mais resilientes e confiantes e tendem a adquirir hábitos de vida mais saudáveis. Para além disso, nota-se mais vontade de aprender nessas crianças. A literacia e as competências matemáticas destas crianças são superiores ao verificado noutras escolas. Os investigadores consideram que a jardinagem deve passar a ser usada nas escolas como uma ferramenta vital para a aprendizagem e não apenas como uma simpática actividade extra-curricular. «As escolas que integram os jardins no seu currículo estão a desenvolver crianças mais aptas a responder aos desafios da vida adulta», considera Simon Thornton Wood, da RHS. A imprevisibilidade que está presente nos projectos de ardinagem e horticultura, em que muitas variáveis podem afectar o resultado final, obriga as crianças a serem mais flexíveis, a pensarem por si mesmas e torna-as mais eficazes na resolução de problemas. Se a escola do seu filho não tem horta pedagógica nem jardim, que tal começar a promover umas sessões de jardinagem com ele, no canteiro lá de casa?
artigo retirado DAQUI

1 comentário:

correia disse...

Gostei!
A horta acaba por ser também uma sala de aula , onde se aprende a brincar e de uma forma saudável.